set 22 2010

Vivos-mortos no Éden

Com o pecado Adão e Eva morreram espiritualmenteCertamente uma vez em nossas vidas ouvimos ou lemos sobre a história de Adão e Eva, os primeiros seres humanos que habitaram na terra, como nos relata as Escrituras. No princípio, aquele casal gozava da presença de Deus, mas deliberadamente preferiram estar longe dEle.

Inicialmente criou Deus a Adão do pó da terra, e da costela deste formou a Eva. Isso não é conto de fadas! Foi exatamente isso que aconteceu, pois toda a Bíblia confirma este acontecimento singular. O homem foi criado para viver eternamente. O Senhor Deus deu uma ordem para o homem, e se ele fosse infiel e desobediente, certamente morreria (Gên. 2:17; 3:3). E foi justamente isso que aconteceu, Adão e Eva pecaram contra o Senhor e morreram. Morreram não fisicamente, mas espiritualmente. Da morte física o Senhor disse: “Do suor do teu rosto comerás o teu pão, até que tornes a terra, porque dela foste tomado; porque és pó, e ao pó tornarás”(Gên. 3:19). Mas isso só ocorreria ao findar todos os dias de sua vida (Gên.3:17). A morte de que o Senhor falou para Adão não foi sobre uma morte futura, mas sim uma morte imediata pois diz: “…no dia em que dela comeres, certamente morrereis”(Gên.2:17). É uma morte espiritual e eterna! Adão e Eva, ao pecarem, tornaram-se vivos-mortos, isto é, vivos quanto a carne, porém mortos quanto ao espírito. E em um plano futuro esta morte passou a todos os homens, porque todos pecaram (Rom.5:12). Esta triste situação chegou até você e eu.

Todos nascemos em pecado, como disse Davi: “Em pecado fui formado e em pecado me concebeu a minha mãe”(Sal.51:5). E se nascemos com o pecado, somos então por natureza pecadores, portanto estamos mortos, pois “o salário do pecado é a morte” (Rom.6:23). Mas o que significa morte eterna, sendo que o homem foi criado para viver eternamente? Segundo as Escrituras, morte eterna é ser condenado ao lago de fogo (Mat. 3:10;7:19; 19:20; 20:10,14,15). Este terrível lugar foi criado por Deus para o diabo e seus anjos, os quais ao se rebelarem contra o Todo-Poderoso, foram condenados (Mat. 25:41). Esse “lago”, arde com fogo e enxofre (Apoc.20:10). O enxofre impede que o fogo se apague, logo o versículo nos ensina que tal condenação não será por um período apenas, será eterna, com fogo que nunca se apaga.

O Senhor Jesus Cristo refere-se a um homem que morreu e foi para o inferno em Lucas 16:19-31. Este estava em tormentos e desejava apenas uma simples gota d’água para refrescar sua língua, mas isso lhe foi negado. Quanta desgraça causou uma tola incredulidade! Todos estão naturalmente destinados a esse castigo. “Todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus”(Rom.3:23).

O Senhor, sabendo da situação caótica da natureza humana, comparando-a com “contusões e chagas podres, não espremidas, nem atadas, nem amolecidas com óleo”(Isa. 1:6), amou o mundo de tal maneira que entregou Seu próprio Filho à morte de cruz (Jo.3:16). O Senhor Jesus, o Filho Eterno de Deus, morreu no lugar dos pecadores. Pense nisso, Ele morreu por você, a fim de te dar vida eterna.

“Deus enviou Seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por Ele”(Jo.3:17). “O Verbo (Deus) se fez carne e habitou entre nós”(Jo.1:1). Jesus Cristo, sendo o próprio Deus, foi o nosso substituto na cruz e pagou o preço dos nossos pecados. “Ele mesmo levou em seu corpo os nossos pecados, para que mortos para o pecado, pudéssemos viver para a justiça” (I Pe. 2:24).

Enfim, para que você seja salvo da condenação que seus pecados merecem é necessário você crer no Senhor Jesus! É confiar nEle como Salvador. É ter fé que Ele morreu para te salvar. Isso implica dizer primeiramente como o cobrador de impostos: “Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador!”(Luc. 18:13). Também como o ladrão crucificado ao lado do Salvador: “Nós recebemos o que os nossos feitos mereciam. Mas este nenhum mal fez… Senhor, lembra-te de mim quando entrares no teu reino” (Lc.23:41,42). Enfim, reconhecendo que você é um pecador e vendo-se perdido (como a Bíblia afirma que você está), deverá então arrepender-se dos pecados e deixar que Cristo te salve, confiando nEle como seu Salvador pessoal. É Ele mesmo quem promete: “Todo aquele que crê em mim, tem a vida eterna”(Jo.6:47).

O Senhor já provou o Seu amor por você: “Deus prova o Seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores”(Rm.8:5). Crendo no Senhor Jesus, ainda que o corpo um dia volte ao pó, a alma viverá, não nos tormentos do lago de fogo, mas na presença de Deus por toda a eternidade. Na presença de Deus há eterna consolação, eterna salvação.

Não continue morto em Adão, tenha vida em Cristo. Passe da morte para a vida, crendo no Senhor e Salvador Jesus Cristo(Jo.5:24).

Um Comentário em “Vivos-mortos no Éden”

Deixe um Comentário