out 11 2010

Missão: Resgate

”…ele estendeu a sua mão e o tomou.” (II Reis 6:7b)

Certo homem chamado Eliseu e os filhos dos profetas foram até o rio Jordão para construírem uma casa para eles. E aconteceu que enquanto cortavam madeira, o machado de um deles se quebra e o ferro do machado cai na água. Este machado havia sido pego emprestado e desesperado o homem pede a Eliseu que o ajude a recupera-lo. Dito o lugar onde o ferro havia caído, Eliseu lança um pedaço de pau no rio, e M I L A G R O S A M E N T E  o ferro flutua. Foi sem dúvida uma ação sobrenatural de Deus.

Pode parecer apenas uma história da Bíblia e perguntamos por que Deus quis que esta passagem ficasse registrada. Nada está escrito em vão. Muito pelo contrário, “tudo que dantes foi escrito, para o nosso ensino foi escrito” (Rm.15:4). E também “toda Escritura é inspirada por Deus” (II Tm.3:16), pois “nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo” (II Ped.1:21).

Sendo assim, o que Deus quer nos mostrar através deste ferro que se separou do machado, caiu na água e depois foi resgatado?

Pense primeiramente na palavra “separação”. O que isto te lembra, ou melhor, de quem nos lembramos? Vejamos o versículo seguinte:

“Eis que a mão no Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem o seu ouvido agravado, para não poder ouvir. Mas as vossas iniquidades fazem SEPARAÇÃO entre vós e Deus, e os vossos pecados encobrem o Seu rosto de vós para que vos não ouça” (Isa. 59:1,2)

Da mesma forma que o ferro estava junto do machado, o homem tinha perfeita comunhão com Deus antes de pecar, o homem andava na presença de Deus, tinha livre acesso a Ele. Mas o pecado privou o ser humano da comunhão de Deus. E desde então “todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” (Rm.3:23) “Desviaram-se todos e juntamente se fizeram imundos” (Sl.14:3) Esta é a realidade de toda humanidade, caro leitor, quer queira ou não.

Todo o homem está “mergulhado” nos seus pecados, pois são muitos. Estão separados de Deus e carecem de serem RESGATADOS a fim de gozarem novamente da presença do Santo Deus.

Para que o ferro fosse RESGATADO, Eliseu lança um pedaço de madeira no mesmo lugar em que o ferro caiu. O que isso te lembra agora, ou Quem representa aquele pedaço de pau?

“Deus enviou Seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por Ele” (Jo. 3:18)

“O Filho do Homem veio buscar e salvar os perdidos” (Lc. 19:10)

Somos todos pecadores neste mundo de trevas, e foi aqui que nasceu o Salvador, enviado pelo Pai para morrer pelos nossos pecados. O pedaço de pau ficou no lugar daquele ferro. Sim, o Senhor Jesus foi o nosso substituto na cruz. E hoje, “todo aquele que nEle crê tem a vida eterna” (Jo. 6:47)

Mas quem não crê no nome do Unigênito Filho de Deus, permanece “mergulhado” em seus pecados, e “sobre ele permanece a ira de Deus” (Jo. 3:36)

Do mesmo jeito que Eliseu RESGATOU o machado do rio, assim Deus quer te RESGATAR das profundezas do teu pecado, dando-lhe vida eterna.

Creia nisso!

Deixe um Comentário