out 24 2010

São muitas promessas…

“Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim tem a vida eterna.” (João 6.47)

Uma promessa pode ser equiparada a um juramento. Infelizmente somos acostumados a não crer em promessas, creio que isto se faz pela facilidade que o ser humano tem de falar e não fazer.  No mundo político em especial, há inúmeras “promessas” que há anos foram feitas por diversas pessoas e até hoje não foram cumpridas. Nestes dias de eleições é normal ouvirmos novamente muitas promessas que esperamos ser cumpridas, mas não podemos depositar muita ou nenhuma confiança, não é mesmo?

Mas faltar com a promessa não é previlégio da cidade de Brasilia, no âmbito empresarial também é assim, muitas promessas são feitas na hora de uma entrevista de contratação, mas poucos dias depois de aceitar o contrato, percebemos que tudo aquilo que foi prometido não está sendo cumprido. Ou então vamos a uma loja compramos algum produto ou serviço para o qual o vendedor promete que faz tudo e mais alguma coisa e, ao chegar em casa, percebemos que mais uma vez eram só promessas. Todo esse engano, com o passar do tempo, vira frustação, descrédito total, aborrecimento e etc., e isso nos traz prejuízos materiais e emocionais.

Gostaria de pensar agora com você sobre a promessa que Deus, por meio de Seu Filho, nos fez. Será que tal promessa é igual as demais? Claro que não! Vamos observar mais a frente muitas diferenças entre Aquele que fez e os outros.

“Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim tem a vida eterna.” (João 6.47)

O que está sendo prometido? A vida eterna!

Isso é importante? Mas claro que sim!

É a vida com Cristo no céu que Ele criou para nós. É uma vida longe de toda dor e sofrimento, sem as sequelas do pecado, sem este corpo corrupto e pecador.  É viver para sempre ao lado do Salvador Jesus. É viver livre de condenação desfrutando da paz e da companhia do Senhor.

Aquele que está prometendo é extremamente capaz de cumprir. Só ele possui todas as características que são capazes de tornar a promessa real.

Só Ele dentre todos os que “prometem” tal dádiva está vivo. Se alguém que promete algo, morre, sua promessa morre com ele. Se algum parente lhe prometer um presente e antes de completar essa promessa ele morre, sua esperança morre juntamente com ele.

Mas graças a Deus que quando olhamos para Cristo sabemos que o seu sepulcro está vazio. Muitos após sua morte foram procura-lo para chorar por Ele.

“Ele não está aqui, porque já ressuscitou, como havia dito. Vinde, vede o lugar onde o Senhor jazia.” (Mateus 28:6)

“Ele, porém, disse-lhes: Não vos assusteis; buscais a Jesus Nazareno, que foi crucificado; já ressuscitou, não está aqui; eis aqui o lugar onde o puseram.” (Marcos 16:6)

“E, entrando, não acharam o corpo do Senhor Jesus. E aconteceu que, estando elas muito perplexas a esse respeito, eis que pararam junto delas dois homens, com vestes resplandecentes. E, estando elas muito atemorizadas, e abaixando o rosto para o chão, eles lhes disseram: Por que buscais o vivente entre os mortos?” (Lucas 24:3-5)

O sepulcro do Senhor Jesus está vazio. Significa que Ele está vivo, mas onde?

“Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus.” (Hebeus 12:2)

O Senhor Jesus tem total capacidade de cumprir sua promessa a você e a mim, pois está vivo à destra do Pai.

Às vezes fico pensando em quanta decepção muitos tem tido ao findar sua passagem nesta vida confiando em “promessas” proferidas por quem não tinha e não tem qualquer capacidade para fazê-la. Talvez eles são como os políticos atuais que prometem muitas vezes algo que já sabem que não poderão cumprir, mas fazem para ganhar votos.

Infelizmente estes que já se foram desprezam a promessa verdadeira. Desprezaram Aquele que tem competência para fazer o que prometeu.

É semelhante a alguém que deseja fazer uma viagem segura de avião, mas confia o manche a um operador de máquinas. Você teria coragem? Entraria em uma aeronave e ficaria tranquilo se fosse um operador de máquinas conduzindo um 747? Sem dúvida que não.

Escolheríamos os melhores pilotos, talvez um da Força Aéra Brasileira, alguém que tivesse competência comprovada para nos levar em segurança.

O Senhor Jesus é o único que pode cumprir a promessa de vida eterna. Não se iluda com as palavras, com os aparentes resultados, com os filmes, com tudo que te mostrarem. Confie naquele que venceu a morte e que está vivo, ao lado de Deus pai.

Creia nisto!

Deixe um Comentário