jun 13 2011

O Evangelho

“Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; ” (Romanos 1:16)

A ousadia na pregação do Evangelho era uma característica dos primeiros discípulos de Jesus Cristo. Anunciando uma mensagem considerada revolucionária, pois era dirigida contrária aos corações, os primeiros cristãos estavam dispostos a morrer pelo nome do seu Salvador. Suas vidas se resumiam em viver para Cristo e levar almas aos pés da cruz. A causa lhes era sublime demais (e ainda o é)! Trata-se de Deus que se fez homem com o firme propósito morrer no lugar de inimigos: você e eu.

EVANGELHO

Evangelho é uma palavra transliterada da palavra grega “evangelion”. Esta palavra significa “boas-novas” ou “boas notícias”. Quando o Senhor Jesus veio em carne, nascido de uma virgem, em conformidade com as Escrituras (Isa.7:14), o anjo do Senhor proclamou aos pastores: “Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo: Pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor” (Lc.2:10,11). O Evangelho são novas de grande alegria. É a boa notícia de Deus ao mundo!

O EVANGELHO É DE CRISTO

O Evangelho não pertence a nenhuma seita, religião ou denominação. Quando Paulo chegou a dizer “meu evangelho” (Rm.2:16), era porque esta mensagem lhe havia sido confiada (I Tm.1:11). Não lhe pertencia, não é uma mensagem produzida pela vontade humana, nem é fruto da sabedoria dos homens. O Evangelho é de Cristo! Ao ser comissionado para anunciar esta mensagem, Paulo não fez caso da sua vida nem da sua linhagem. Ele disse com propriedade “ai de mim se não anunciar o Evangelho” (I Co.9:16).

O EVANGELHO É O PODER DE DEUS

Paulo foi bem claro ao revelar o segredo, o motivo, a razão porque ele não se envergonhava do Evangelho de Cristo: “pois é o poder de Deus”. Não seria sua sabedoria, sua capacidade, sua inteligência, sua astúcia ou sua eloquência que faria com que almas fossem salvas da perdição e ruína eterna. O poder não era dele, nem mesmo de nenhum daqueles que estavam dispostos a morrer por Cristo. O poder é de Deus! Não diz que a mensagem do Evangelho contém o poder de Deus, mas é o poder de Deus. Certamente não foi a força daqueles primeiros discípulos que produziu milhares de conversões nos primeiros dias do cristinanismo, mas foi o poder de Deus atuando por intermédio deles. E Deus deseja HOJE ainda que você seja alcançado pelo Seu poder salvador.

O EVANGELHO É O PODER DE DEUS PARA A SALVAÇÃO

O Evangelho de Cristo é o poder de Deus “para a salvação”. A obra da salvação custou muito caro para Deus: a morte do Seu Filho! Logicamente somente o poder do próprio Deus é que pode resgatar uma alma da condenação eterna. Se Deus não viesse em busca do homem, todos nós estaríamos perdidos para sempre. Mas Deus “quer que todos se salvem e cheguem ao conhecimento da verdade” (I Tm.2:4). Ao baixar nesse mundo, Deus manifesto em carne (Jo.1:14) declarou abertamente: “o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido” (Luc.19:10). A salvação das almas humanas é de um valor incalculável para Deus. E somente o Seu eterno poder é capaz de livrar o homem de sua condição de culpado e digno da morte eterna. Deus quer salvar o homem. E o poder para isso é o Evangelho.

O EVANGELHO É O PODER DE DEUS PARA A SALVAÇÃO DE TODO AQUELE QUE CRÊ

O Evangelho precisa ser crido, para que o poder de Deus possa atuar na salvação da tua alma. Se você não crê, você faz Deus mentiroso e permanece perdido, caminhando para a condenação eterna. A mensagem é clara: “Arrependei-vos e crede no Evangelho” (Mc.1:8). O primeiro passo é reconhecer que seus pecados te condenam, fazendo com que você mereça a morte (separação) eterna (Rom.6:23). Tendo sido convencido, por Deus mesmo, que é um pecador condenado, você desejará ardentemente salvação. Você clamará: SENHOR, SALVA-ME! É aí que a nova de grande alegria, promulgada pelo Evangelho, ecoará em seus ouvidos, brilhará perante os seus olhos, revelando-o que Deus providenciou uma perfeita salvação para você: JESUS CRISTO!

“… tornamo-nos ousados em nosso Deus, para vos falar o evangelho de Deus com grande combate” (I Tes.2:2)

“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira, que deu o Seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê, não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo.3:16)

Um Comentário em “O Evangelho”

Deixe um Comentário