ago 27 2012

Perdoado

“Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito” (Romanos 8:1)

As Sagradas Escrituras não deixam dúvidas que a salvação das nossas almas é somente através do arrependimento dos nossos pecados e da fé no Senhor Jesus Cristo. Observe a mensagem que o Senhor Jesus pregou quando Ele estava aqui neste mundo: “O tempo está cumprido e o reino de Deus está próximo: Arrependei-vos e crede no Evangelho” (Marcos 1:15)

Um pouco antes dEle ser assunto aos céus, o Senhor Jesus deu essa comissão aos Seus discípulos dizendo: “Ide por todo o mundo, pregai o Evangelho a toda criatura” (Marcos 16:15-16)

Primeiramente a pessoa ouve o Evangelho, entende a mensagem do amor e da graça de Deus manifestados na cruz do Calvário. Ela percebe que estava errada e muda de atitude (arrependimento). Ao mesmo tempo ela crê. Ela abraça por fé. Ela aceita Jesus Cristo como o seu Único Senhor e Salvador e depois ela é batizada. O batismo é um tesemunho público daquilo que já aconteceu no seu coração (o batismo jamais pode salvar alguém – leia Romanos 6:3-4).

Então a mensagem que temos para pregar hoje é o Evangelho! O apóstolo Paulo explica o que é o Evangelho: “Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras” (I Coríntios 15:1-4)

Pense bem: “Cristo morreu por nossos pecados”

Precisamos aceitar o fato de que todos nós somos pecadores:

“Todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” (Romanos 3:23)

“Na verdade que não há homem justo sobre a terra, que faça o bem, e nunca peque” (Eclesiastes 7:20).

Nós quebramos as leis de Deus. Nós desobedecemos a Sua Palavra, os Seus ensinos e portanto estamos condenados diante dEle.

“O salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor” (Romanos 6:23)

Vivemos debaixo da condenação de Deus. Agora quem pode nos justificar? Quem pode nos livrar dessa condenação?

“Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo” (Romanos 5:1)

“Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito” (I Pedro 3:18)

Somente uma Pessoa justa, sem pecado, podia pagar a nossa dívida com Deus.

  • O Senhor Jesus não conheceu pecado (2 Coríntios 5:21)
  • O Senhor Jesus não cometeu pecado (1 Pedro 2:22)
  • No Senhor Jesus não há pecado (1 João 3:5)

As Sagradas Escrituras dizem que “Ele se manifestou para tirar os nossos pecados” (I João 3:5). João Batista O apresentou dizendo: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo” (João 1:29).

Suponhamos que você tivesse uma dívida de R$1.000,00 e não pudesse pagar. Um amigo chegasse pra você e dissesse: “Eu amo você e vou pagar a sua dívida”. Se você aceitar que seu amigo pague a sua dívida, você está livre, aliviado. Você não deve mais se alguém pagou a sua dívida. Mas se você for orgulhoso e não aceitar a oferta do amigo, você continua com o peso da dívida, e vai ter que pagar você mesmo.

Essa é uma fraca ilustração do que acontece conosco diante de Deus. Nossos pecados são contra Deus. Temos uma dívida com Deus e não podemos pagá-Lo com boas obras e nem seguindo uma religião, nem tampouco por um batismo.

Cada um de nós precisa aceitar individualmente que “Cristo morreu por meus pecados”! Quando Ele deu a Sua vida sobre a cruz, Ele pagou a minha dívida para com Deus. O Senhor Jesus cancelou o escrito de dívidas que era contra mim.

“E a vós outros, que estáveis mortos pelas vossas transgressões… vos deu vida juntamente com ele, perdoando todas as vossas ofensas; tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós… removeu-o inteiramente, encravando-o na cruz” (Colossenses 2:13-14)

Essa é uma notícia maravilhosa! Podemos ficar livres da condenação crendo no Senhor Jesus, confiando na Sua Palavra.

“Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados” (Atos 3:19)

A salvação das nossas almas é, portanto, através do arrependimento e da fé.

“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie” (Efésios 2:8-9)

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16)

Fonte:  Verbex.info

Deixe um Comentário