set 13 2010

Tão clara como a água

“Pelo que, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, por isso que todos pecaram.”(Rm.5:12)

“Porque o salário do pecado é a morte, mas o Dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.”(Rm.6:23)

“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não veio de vós, é Dom de Deus; não vem das obras para que ninguém se glorie.”(Ef.2:8,9)

O tema desta mensagem se refere ao Evangelho. Assim como a água é transparente, assim também é a mensagem do Evangelho. É a mensagem vinda dos altos céus, da parte de Deus, a qual está resumida nos três versículos citados acima.

Percebemos no primeiro versículo Continue lendo

-->

set 12 2010

A parábola dos dez talentos

“Bem está bom e fiel servo. Sobre o pouco foste fiel, sobre o muito te colocarei; entra no gozo do teu Senhor…Mau e negligente servo; tirai-lhe pois o talento e dai-o ao que tem dez talentos. Lançai pois o servo inútil nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes.” (Mat.25:23-30)

Esta parábola faz parte do sermão profético do Senhor Jesus Cristo. Por ser de conteúdo profético, fala do que ainda está para acontecer.

O Senhor Jesus conta a história de um senhor que Continue lendo

-->

set 10 2010

Preste atenção ao que Deus diz

Preste atenção ao que Deus diz

“Para os homens é impossível; contudo não para Deus, porque para Deus tudo é possível” (Marcos 10:27)

“Então disse Deus a Noé… Estou para derramar águas em dilúvio sobre a terra” (Gênesis 6:13,17)


“Disse Deus”. Essa é o tema central desta mensagem.

Uma declaração de Deus deveria ser suficiente para nós. É bastante difícil para a razão humana entender como e por quê ocorreu o dilúvio, mas dizer que o mesmo não aconteceu é insensatez. Muitas pessoas simplesmente não aceitam a idéia de que um dilúvio de tamanhas proporções, como o descrito na Bíblia, possa ter acontecido. Mas “disse Deus”, e isso basta. Deus sempre cumpre Seus decretos, independente da razão humana. Continue lendo

-->

set 9 2010

O leproso purificado

A lepra na Bíblia é uma figura do pecado e só o Senhor Jesus pode nos purificar“E, eis que veio um leproso, e o adorou, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo. E Jesus, estendendo a mão, tocou-o dizendo: Quero, sê limpo. E logo ficou purificado da sua lepra” (Mateus 8:2,3)

Nesta passagem vemos um milagre acontecendo na vida de uma pessoa que se encontrava sem esperança. Aconteceu que um certo leproso, ouvindo falar do Senhor Jesus, buscou-O e pediu-lhE que a sua lepra fosse restaurada. A lepra (hoje conhecida como hanseníase) naquela época era uma doença que não tinha cura. Quem tinha esta doença deveria ser afastado da cidade para que não contagiasse a outros e porque eram tidos por imundos. Os leprosos sabiam que não havia solução para este problema. Se não fosse por um milagre, esperavam o dia da morte. Mas este homem, reconhecendo a sua incapacidade, buscou o Único que poderia purificá-lo: o Senhor Jesus.

Há muitas semelhanças entre este leproso e o ser humano: Continue lendo

-->

set 9 2010

A Videira e as varas

Jesus é a Videira verdadeira

“Eu sou a Videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Se alguém não estiver em mim, será lançado fora, como a vara, e secará; e os colhem e lançam no fogo, e ardem.” (João 15:5,6)


Esses dois versículos nos falam de como o ser humano pode agradar a Deus. Eles resumem, de certa forma, toda a verdade do Evangelho. Inicialmente eles revelam Continue lendo

-->

set 7 2010

O cego de nascença

Jesus abrindo os olhos de um cego de nascença

“Crês tu no Filho de Deus? Ele respondeu, e disse: Quem é ele Senhor, para que nele creia? E Jesus lhe disse: Tu o já o tens visto, e é aquele que fala contigo. E ele disse: Creio, Senhor. E o adorou” (Jo 9:36-38)

Essa é a história de um homem que, desde o seu nascimento, não sabia o que era poder enxergar. Realmente a situação deste homem era bastante triste, e nenhum de nós desejaríamos estar nesta condição.

Podemos supor que dentre todos os desejos daquele homem, o seu maior desejo era enxergar, saber como é o seu rosto e poder ver os seus semelhantes além de poder contemplar as belezas da criação de Deus. Mas o Senhor Jesus, movido de íntima compaixão por aquele homem, o curou de sua cegueira. “Desde o princípio do mundo, nunca se ouviu que alguém poderia abrir os olhos a um cego de nascença” (32) Mas para Deus nada é impossível. Estava diante daquele homem cego o próprio Deus, na pessoa do Senhor Jesus. E só Ele poderia lhe dar visão. Continue lendo

-->

set 7 2010

A libertação do pecado

Só a Verdade liberta“Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é escravo do pecado” (João 8:34)

“Quem comete pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio” (I João 3:8).

“Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmo, e não há verdade em nós” (I João 1:8).

“SE POIS O FILHO VOS LIBERTAR, VERDADEIRAMENTE SEREIS LIVRES” (João 8:36).

O Senhor Jesus Cristo veio a este mundo para por fim às obras do diabo, aquele que tem controlado o mundo e todos quantos nele estão (Lucas 4:5-7). Satanás, o deus deste século, tem cegado os entendimentos dos incrédulos (II Coríntios 4:4) para que ninguém compreenda a verdade do Evangelho, o qual revela a triste realidade de escravidão que se encontra a humanidade. A presença do pecado na vida do homem faz com que todos sejam naturalmente escravos de Satanás, porque este peca desde o princípio. A realidade é dura, mas é isso que o Deus eterno está dizendo através de Sua Palavra. Mas há um grande Libertador, vindo de Deus, o Senhor Jesus Cristo, o Justo, o Salvador do mundo e o único que pode nos livrar das garras do inimigo de nossas almas. É maravilhoso poder falar do poder que o Senhor Jesus tem de libertar qualquer um da escravidão do pecado. Continue lendo

-->

set 7 2010

Ouçam a voz do Filho somente

Deus diz que devemos ouvir unicamente a voz do Seu Filho

“Este é o meu Filho Amado, escutai-O” (Mateus 17:5)

Todos nós ouvimos muitas “vozes”. Diversas mensagens foram e são comunicadas, com o objetivo de formar, educar ou simplesmente transmitir alguma informação. E atualmente, devido ao rápido avanço tecnológico, muitos de nós temos sido “bombardeados” de informações. Portanto é preciso muita cautela e discernimento para saber o que estamos lendo ou ouvindo e se fato devemos continuar recebendo tais informações.

Cada mensagem transmitida, seja através de qual meio for, normalmente tem o objetivo de que suas palavras sejam aceitas. Um médico espera que seu paciente ouça e atenda seu diagnóstico. O serviço de meteorologia espera que sua previsão do tempo tenha credibilidade. Um projetista espera que o orçamento do seu projeto seja aceito como sendo justo. E com respeito aos assuntos espirituais não é diferente! Entretanto, nem tudo que é dito é verdadeiro e devemos confiar.

Não é verdade que muitos estão dando ouvidos a palavras de adivinhação ou de mortos? E o conteúdo destas “mensagens”, quando não se trata de alguma desgraça que aconteceu ou poderá acontecer, diz-se que são palavras vindas de Deus. E o que dizer de outros milhares que estão querendo ouvir palavras de imagens de escultura? E nestas falsas veredas MULTIDÕES estão ouvindo tais “vozes” e sendo violentamente arrastados para o abismo eterno.

Vejamos o que a Palavra de Deus nos diz sobre a Quem devemos unicamente ouvir quando o assunto é o destino eterno da sua alma. Continue lendo

-->