ago 14 2011

O lugar de maldição

“Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: maldito todo aquele que for pendurado no madeiro” (Gálatas 3:13)

O Velho Testamento contém inúmeras profecias acerca do Messias, Jesus Cristo: Seu nascimento, Sua vida, Sua morte, Sua ressurreição e o Seu reino. São incontáveis os versículos no Novo Testamento que fazem referência à alguma Escritura do Velho, através da expressão: “Está escrito”. O próprio Senhor Jesus citou as Escrituras enquanto esteve neste mundo, na ocasião em que foi tentado pelo diabo (Mateus 4:7). Isso nos fala da perfeição e da infalibilidade das Sagradas Escrituras. A Bíblia é a Palavra de Deus. Deus promete e Deus cumpre. Deus é Fiel!

Deus prometeu enviar um Salvador ao mundo, a fim de tomar sobre Si os pecados da humanidade. A maldição, decorrente da desobediência à Lei de Deus, tem recaído sobre o homem desde a sua criação, no Éden. A expressão “maldição da lei” não significa, de modo nenhum, que a Lei é maldita (leia Romanos 7:7)! A Lei apenas atesta a desobediência do homem, o qual não pode cumpri-la. Assim, a Lei (santa, boa e justa) revela que o homem está debaixo da maldição por ser transgressor. Continue lendo





-->