ago 6 2012

Com carinho

“Deus prova o Seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores” (Romanos 5:8)

Querido leitor. É com carinho que lhe expomos estas verdades da Palavra de Deus. Não são nossos pensamentos, mas é como Deus apresenta o plano de salvação para toda humanidade.

Lemos nas Sagradas Escrituras: “todos pecaram e carecem da gloria de Deus” (Romanos 3:23).

Lemos também que: “sem derramamento de sangue não há remissão (perdão)” (Hebreus 9:22b).

Foi por isso que o Senhor Jesus Cristo morreu sobre a cruz, derramando ali o Seu sangue. Ele fez o que nós não podíamos fazer. Ele satisfez a justiça de Deus. Ele morreu como nosso Substituto, morreu em nosso lugar. Ele recebeu o castigo que nós merecíamos por causa dos nossos pecados. Sem dúvida, o Senhor Jesus Cristo fez isso porque muito nos amou. Ele é então o nosso Salvador (livrou-nos do castigo ou da punição que deveríamos receber de Deus).

Só que essa substituição não é automática. Continue lendo


set 27 2010

O fariseu e o publicano

“qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado.” (Luc.18:14b)

Esta é uma mensagem destinada àqueles que confiam em si mesmos, crendo que são justos diante de Deus. É isso que disse o Senhor Jesus antes de contar a parábola do fariseu e do publicano (veja Luc.18:9). Antes de entrarmos nesta passagem, vamos analisar por qual motivo o Senhor Jesus desejou falar sobre esta história. Continue lendo


set 20 2010

Paz com Deus

“Sendo pois justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo.”(Rm.5:1)

Paz! Oh que palavra singular! Todos aqueles que estão em seu juízo perfeito desejam paz. As aflições deste mundo têm provocado tristeza e amargura em muitos, e há aqueles que se alegram nos prazeres e alegrias deste mundo, mas tudo não passa de uma falsa paz, a qual distrai o entendimento humano para que não veja e desfrute da paz verdadeira, da paz com Deus.

Você tem paz, amigo leitor? Se a resposta for sim, diga consigo mesmo, o que é que tem produzido tal paz em sua vida? É a paz proveniente de Deus? Se não, digo-lhe com amor que essa paz não é a paz verdadeira e você está se enganando. Todos, inclusive você, precisam da paz com Deus. Continue lendo