maio 2 2011

Um clamor da masmorra

“Invoquei o teu nome, SENHOR, desde a mais profunda masmorra. Ouviste a minha voz; não escondas o teu ouvido ao meu suspiro, ao meu clamor. Tu te aproximaste no dia em que te invoquei; disseste: Não temas.” (Lam.3:55-57)

Estas foram as palavras proferidas por Jeremias, um homem a quem Deus chamou para ser profeta em Israel. E como aconteceu com todos aqueles que falavam as palavras de Deus ao povo, normalmente duras palavras de juízo, Jeremias também foi perseguido, maltradado, preso e morto. Mas apesar ter visto a aflição (Lam. 3:1), e ter experimentado os horrores de uma masmorra, estando acorrentado, Jeremias invocou o nome do Senhor.

Gostaria, contudo, de considerar estas palavras de Jeremias como que partindo de uma alma angustiada e oprimida por causa do pecado. O pecado escraviza, aprisiona e leva a morte! Mas os ouvidos do Senhor estão sempre prontos para ouvir o clamor de todo e qualquer pecador arrependido. Continue lendo