set 30 2015

Há esperança?

Há esperança?E terás confiança, porque haverá esperança; olharás em volta e repousarás seguro” (Jó 11:18)

A vida tem muitos desafios e desapontamentos. Vivemos num mundo competitivo e difícil, e tentar conciliar as necessidades da família, do trabalho e das finanças nos deixa totalmente estressados! Conviver com doença e morte aumentam as complexidades da vida. Sonhos se desmoronam, corações são quebrantados, esperanças se dissipam.

Nos sentimos tão sós que às vezes queremos que o mundo pare. Infelizmente muitos se entregam à bebida, às drogas, ao jogo, a relacionamentos extraconjugais e ao suicídio. Mas estes vícios (ou pecados) somente aumentam os problemas. 

Sua vida está assim? Vazia e sem propósito? Seu coração clama: “Não há esperança?” 

Há esperança, sim! Continue lendo


mar 2 2014

Segurança eterna

“E o efeito da justiça será paz, e a operação da justiça, repouso e segurança para sempre” (Isaías 32:17)

Em algumas ocasiões quando escutava uma rádio de telejornalismo, ouvi um slogam de uma companhia de seguros que diz: “as pessoas seguras são mais felizes”. Desde então esta frase vem me incomodando profundamente. Não pela verdade nela contida, mas pela sua associação com o marketing da seguradora.

A frase é um tanto abrangente e devemos concordar com ela, em si mesma, mas é muito triste constatar que a ‘segurança’ e a ‘felicidade’ estejam sendo conhecidas e experimentadas de modo tão vago e superficial. Não há dúvida que uma pessoa pode estar segura sem estar coberto por uma apólice de seguro. Da mesma forma a sua felicidade não depende se você tem ou não um seguro contratado. Não que seja um erro contratar um seguro, ou ser previdente, mas a felicidade de qualquer não está fundamentado nisto. Continue lendo


set 20 2010

Paz com Deus

“Sendo pois justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo.”(Rm.5:1)

Paz! Oh que palavra singular! Todos aqueles que estão em seu juízo perfeito desejam paz. As aflições deste mundo têm provocado tristeza e amargura em muitos, e há aqueles que se alegram nos prazeres e alegrias deste mundo, mas tudo não passa de uma falsa paz, a qual distrai o entendimento humano para que não veja e desfrute da paz verdadeira, da paz com Deus.

Você tem paz, amigo leitor? Se a resposta for sim, diga consigo mesmo, o que é que tem produzido tal paz em sua vida? É a paz proveniente de Deus? Se não, digo-lhe com amor que essa paz não é a paz verdadeira e você está se enganando. Todos, inclusive você, precisam da paz com Deus. Continue lendo