out 27 2010

Uma dívida, um pagamento

“Ora, àquele que faz qualquer obra não lhe é imputado o galardão segundo a graça, mas segundo a dívida.” (Rm.4:4)

De acordo com as Sagradas Escrituras, todo o homem é devedor a Deus. E sua dívida não pode ser paga. Sendo todo o homem pecador (Rm.3:23), não há quem possa purificar seu pecado, não há como oferecer algo a Deus em troca do seu perdão. A dívida para com Deus é impagável, é caríssima, e todos os recursos humanos se esgotariam antes (Sl.49:8).

Como então o homem, o qual não pode pagar sua dívida para com Deus, pode ir para o céu? É aqui que a palavra “perdão” deve ser compreendida. É exatamente o que Deus quer dar ao homem: o perdão dos seus pecados, o perdão da sua dívida.
Continue lendo

-->

set 13 2010

Tão clara como a água

“Pelo que, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, por isso que todos pecaram.”(Rm.5:12)

“Porque o salário do pecado é a morte, mas o Dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.”(Rm.6:23)

“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não veio de vós, é Dom de Deus; não vem das obras para que ninguém se glorie.”(Ef.2:8,9)

O tema desta mensagem se refere ao Evangelho. Assim como a água é transparente, assim também é a mensagem do Evangelho. É a mensagem vinda dos altos céus, da parte de Deus, a qual está resumida nos três versículos citados acima.

Percebemos no primeiro versículo Continue lendo

-->