mar 2 2014

Segurança eterna

“E o efeito da justiça será paz, e a operação da justiça, repouso e segurança para sempre” (Isaías 32:17)

Em algumas ocasiões quando escutava uma rádio de telejornalismo, ouvi um slogam de uma companhia de seguros que diz: “as pessoas seguras são mais felizes”. Desde então esta frase vem me incomodando profundamente. Não pela verdade nela contida, mas pela sua associação com o marketing da seguradora.

A frase é um tanto abrangente e devemos concordar com ela, em si mesma, mas é muito triste constatar que a ‘segurança’ e a ‘felicidade’ estejam sendo conhecidas e experimentadas de modo tão vago e superficial. Não há dúvida que uma pessoa pode estar segura sem estar coberto por uma apólice de seguro. Da mesma forma a sua felicidade não depende se você tem ou não um seguro contratado. Não que seja um erro contratar um seguro, ou ser previdente, mas a felicidade de qualquer não está fundamentado nisto.

Poderíamos discorrer a respeito dos diversos tipos de segurança existentes, todos eles relacionados a esta vida. Cada um destes tipos de segurança visa dar às pessoas uma percepção que se está protegido contra riscos, perigos ou perdas. Contudo, uma vez que o homem volta para o pó, deixando este mundo, sua alma se encontra com a eternidade. E visto que há uma condenação eterna para todo o pecador, que segurança o homem tem que não será condenado, mas passará a eternidade junto de Deus?

Todo e qualquer tipo de segurança que o homem busca nesta vida é somente uma percepção de proteção pessoal. Contudo, a segurança que ele deve ter em relação à eternidade da sua alma não deve ser uma simples percepção, mas uma certeza. Após deixar esse mundo, onde você passará a eternidade? Se você não possui esta verdadeira segurança, isto é, a certeza de vida eterna com Deus, saiba que você jamais encontrará neste mundo a verdadeira felicidade. Você poderá batalhar anos a fio em busca das seguranças desta vida, mas nenhuma delas impedirá a chegada da sua morte e seu encontro com a eternidade. Sem a segurança de salvação da tua alma, você não será capaz de desfrutar de plena paz e satisfação que só Deus pode lhe dar.

“Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma?” (Mateus 16:26)

Sua alma corre perigo. Perigo de morte e morte eterna, eternamente longe de Deus em tormentos. Mas saiba que Deus providenciou um refúgio seguro contra a ira vindoura, que há de vir sobre toda a carne. Ele lhe oferece verdadeira segurança de salvação, libertação da condenação eterna que seus pecados merecem.  E esta salvação só pode ser encontrada em Jesus Cristo, o Salvador do mundo. Reconhecendo sua culpa perante Deus, concordando com Ele que você é um pecador condenado e merecedor do castigo eterno, você precisa então de arrependimento. Clame a Jesus por perdão, crendo nEle como Senhor e Salvador.

Satanás e este mundo tem te oferecido uma falsa paz e segurança, cegando seu entendimento para que você não entenda que só em Cristo há salvação ou não se preocupe com a eternidade da sua alma. Um dia este mundo dirá “há paz e segurança”, mas será naquele momento em que conhecerão o juízo repentino de Deus e de modo nenhum escaparão (I Tessalonicense 5:3).

Saiba que na cruz central do Calvário Cristo Jesus tomou o seu lugar, recebendo a ira de Deus contra o teu pecado. Ele morreu para te dar vida! Creia nEle e serás salvo, terás segurança de vida eterna e encontrarás plena paz e felicidade.

2 Comentários em “Segurança eterna”

Deixe um Comentário